Inicio Sec. de Saúde CTA realiza testes gratuitos de HIV, sífilis e hepatites em Belo Jardim

Sec. de Saúde

CTA realiza testes gratuitos de HIV, sífilis e hepatites em Belo Jardim

Publicado em

O município de Belo Jardim conta com uma unidade de saúde de enorme importância. O Centro de Testagem e Aconselhamento e Serviço de Atendimento Especializado (CTA/SAE) é uma entidade que oferece a testagem de quatro doenças: HIV, sífilis, Hepatite B e Hepatite C. Além do exame ser simples, com apenas um furinho no dedo para coletar a amostra de sangue, ele é totalmente gratuito.

“A pessoa interessada só precisa chegar e solicitar. Realizamos o teste e, em menos de uma hora, o resultado é disponibilizado. Enquanto o paciente espera, prestamos orientação preventiva”, indicou Débora Delicato, enfermeira e coordenadora do CTA/SAE.

Nos casos em que o diagnóstico seja positivo, o centro faz o acompanhamento psicológico da pessoa e oferece o tratamento, realizando exames complementares, quando necessitar, e concedendo medicamento. “Hoje prestamos assistência a 143 soropositivos, entre moradores locais e cidadãos de cidades adjacentes que nos procuram”, enfatizou Débora.

Na semana passada foram realizados 32 testes, sendo um caso reagente para HIV e sete para sífilis. Nenhum caso de hepatite B ou C foram registrados. “É importante lembrar que pessoas com qualquer doença sexualmente transmissível pode procurar nossa unidade pois também fazemos o acompanhamento e o tratamento”, indicou a coordenadora.

Ela ainda pontuou sobre a relevância de se buscar um diagnóstico prévio. “A pessoa que tiver sido exposta a qualquer risco, seja a partir de abuso sexual ou de relação sem prevenção, deve fazer o exame o quanto antes e, se preciso, iniciar o protocolo de urgência, que pode ser feito em até 72 horas após o ato. O emprego do retroviral nesse período pode possibilitar a não-contaminação”.

Além dos exames, são entregues à população preservativos tanto masculinos quanto femininos e gel lubrificante. Desde o início do ano, foram distribuídos mais de 500 preservativos masculinos dentro da unidade e para representantes de bares da cidade.